Skip to content

Category: Pequenos Animais

EDITORIAL – Mudanças do consenso de sepse 2021, como podemos utilizar na medicina veterinária?

Em 2016 houve uma grande mudança sobre o entendimento da sepse, deixando de ser apenas uma infecção associada a uma resposta inflamatória sistêmica para ser definida como uma disfunção orgânica ameaçadora a vida associada a resposta imunológica de um hospedeiro a um agente etiológico.

Diagnóstico da dermatofitose em cães e gatos

Sempre que falamos de diagnóstico pensamos sobre o padrão ouro para a avaliação de uma determinada suspeita, mas no caso das dermatofitoses ainda não há um método reconhecido como gold standard. Assim, em casos de suspeita de dermatofitose, devemos nos perguntar duas coisas: qual teste pode ser realizado para a confirmação da presença da doença e qual teste pode ser realizado para confirmar a ausência da doença nesse paciente.

Aprenda aqui como ocorre a fisiopatologia inflamatória no tecido – Parte 2

Ao entender o processo inicial da inflamação podemos perceber que um animal possui uma quantidade normal de neutrófilos segmentados no sangue, não sendo relacionado a um estado de doença, mas sim a um estado normal de saúde. Ao ocorrer um insulto, infeccioso ou traumático, com lesão, os neutrófilos irão migrar para o tecido, ou seja, do ponto de vista laboratorial é esperado que ocorra uma queda da quantidade de neutrófilos na corrente sanguínea, denominada de neutropenia.

Neoplasia mamária: Quando usar quimioterapia?

O tratamento de escolha para as neoplasias mamarias é cirurgia, que é um tratamento mais localizado. No entanto, é necessário também um tratamento adjuvante como uma quimioterapia, que seria um apoio sistêmico.

Aprenda aqui como ocorre a fisiopatologia inflamatória no tecido

Neutrófilos são um dos cinco tipos de leucócitos que existem na corrente sanguínea e, assim como todas as células do sangue, também são produzidas na medula óssea.

Mastectomia em cadelas: O consenso atual de diagnóstico, prognóstico e tratamento

Além de diferenças nas abordagens ao paciente, a técnica cirúrgica de escolha em pacientes com necessidade de mastectomia é muito variado, sofrendo grande interferência da preferência do cirurgião.

EDITORIAL – Doença valvar em cães: Qual é o consenso?

Esta doença tem grande importância, já que está presente no nosso dia a dia. Estima-se que aproximadamente 10% dos cães que vão para atendimento veterinário têm doenças cardíacas, sendo que a endocardiose valvar é a doença cardíaca mais comum, responsável por aproximadamente 75% dos casos.

Hemocomponentes e hemoderivados

A terapia transfusional é amplamente utilizada na medicina veterinária, por vezes o objetivo é repor aquele volume sanguíneo perdido, ou ainda, a reposição de hemácias hemolisadas.

Tratamento do paciente em estado hipotensivo

A hipotensão é definida quando a pressão arterial está abaixo dos valores de referência da espécie. No caso de cães e gatos, podemos diagnosticar a hipotensão quando a pressão arterial sistólica está abaixo de 90 mmHg ou a média está abaixo de 65 mmHg, dependendo da forma como a pressão foi aferida.

Avaliação da pressão arterial na rotina veterinária

A pressão arterial exerce um papel fundamental para a perfusão do organismo, garantindo a chega de sangue, oxigênio e nutrientes aos órgãos e tecidos. Para que este processo ocorra de maneira ideal, é fundamental que a PA permaneça na margem entre seu valor mínimo e máximo.

Inscreva-se em nossa Newsletter!

Fique por dentro sempre que a gente publicar algum conteúdo novo. É grátis <3.

loading...